Cirurgias plásticas em Fortaleza | Natal | São Luís

Dr. Davi Pontes

CIRURGIÃO PLÁSTICO | CRM 11052

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

gg1

 

Cirurgia Plástica de Implante de Silicone Incisão Submamária em Fortaleza, Ceará

Técnica submamária – Introdução
O implante de prótese mamária, ou mamoplastia de aumento, é um dos procedimentos de cirurgia plástica mais comuns realizados atualmente. Com o decorrer do tempo, fatores como idade, genética, gravidez, alterações no peso, exposição ao sol e gravidade podem mudar o tamanho e a forma das mamas. Mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho ou tiveram alterações na forma de suas mamas podem obter mamas mais firmes e atraentes com a mamoplastia de aumento. Nesse tipo de procedimento, a prótese é colocada em uma bolsa formada no tecido mamário. A cirurgia pode aumentar o tamanho das mamas ou deixá-las simétricas, devolver seu volume ou reconstruí-las após perda total ou parcial. É importante lembrar que o implante mamário não consegue corrigir as mamas caídas. Nesses casos, geralmente é necessária uma mamoplastia de aumento, que pode ser realizada em conjunto com esse procedimento.

Marque sua consulta com o Dr. Davi Pontes sobre o Implante de Silicone Incisão Submamária em Fortaleza, Ceará. Dúvidas sobre parcelamentos e preços (85) 3013.8372 E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Opções de implantes
Aprovados pelo FDA (Food and Drug Administration), em 2006, os implantes de silicone são conchas de elastômero de silicone preenchidos com gel de silicone. Não há evidências significativas de que os implantes de prótese de silicone aumentam o risco de câncer de mama, distúrbios do tecido conjuntivo ou doença autoimune. Os implantes possuem uma variedade de formas, texturas e perfis. Podem ser redondos ou anatômicos e ter superfície lisa ou texturizada. O perfil de um implante mamário pode ser padrão, moderado ou alto. Finalmente, variam de tamanho ou volume. O tipo, estilo e tamanho dos implantes escolhidos são determinados pelo seu estilo de vida, contorno corporal, quantidade de tecido mamário e tamanho e aparência desejados. Converse com seu médico sobre o tipo de implante mamário ideal a você.

O que dá forma à mama?
A mama é formada por glândulas e ductos, cercados por tecido gorduroso que dá a ela sua forma e leveza. A elasticidade da pele também contribui para seu formato. Certos fatores, como idade e gravidez, podem afetar a elasticidade da pele e do tecido mamário, o que muda sua forma e aparência. As próteses mamárias podem ser colocadas em dois locais diferentes: submuscular e subglandular. Na submuscular, o implante é colocado parcial ou totalmente abaixo do músculo peitoral, contra a parede torácica. Na colocação subglandular, a prótese é posicionada abaixo do tecido mamário e acima do músculo peitoral. O cirurgião pode ajudá-la a determinar o tipo mais adequado.

Técnica submamária – Passo 1
A duração dos procedimentos para implante de prótese mamária normalmente é de uma ou duas horas. Antes do início do procedimento, a área a ser tratada é limpa, e um anestésico será administrado. Dependendo do cirurgião e da natureza do procedimento, é aplicada uma anestesia local com sedação intravenosa ou anestesia geral. A incisão inframamária é feita na dobra abaixo da mama. É feita uma pequena incisão em cada uma delas. Com o auxílio de um instrumento conhecido como retrator, o cirurgião faz a incisão para obter melhor acesso ao tecido abaixo da glândula mamária. Embora a incisão seja colocada em locais menos perceptíveis, seu tamanho e aspecto podem variar de acordo com o tipo e tamanho do implante, o contorno corporal da paciente e a preferência do cirurgião.

Técnica submamária – Passo 2
Cuidadosamente, separa-se o tecido mamário com um dispositivo cauterizador menos invasivo possível e um bisturi para chegar à área da mama em que a bolsa será formada. Com o auxílio de um instrumento conhecido como elevador e dos próprios dedos, o médico criará uma bolsa onde colocará o implante.

Técnica submamária – Passo 3
Ao contrário dos implantes salinos, que geralmente são inseridos vazios, os de silicone são pré-preenchidos, o que normalmente requer uma incisão maior. O cirurgião introduzirá o implante e inspecionará as mamas para manter a simetria. Ele pode ajustar a bolsa e a posição do próprio implante para atender as expectativas da paciente.

Técnica submamária – Passo 4
As incisões são fechadas com suturas no tecido mamário. Podem ser usadas suturas, fita adesiva ou cirúrgica para fechar a pele. O cirurgião pode utilizar suturas indissolúveis, que serão removidas em sete a dez dias. As cicatrizes desaparecerão lentamente dentro de alguns meses, mas pode levar um ano até que sumam completamente. Como em todo procedimento cirúrgico, a paciente pode sentir dor e inchaço na área operada. O inchaço diminui em poucos dias, mas pode persistir por algumas semanas.

Malha de compressão – Visão geral
O uso de um sutiã especial ou uma malha de compressão auxilia no processo de cicatrização. As malhas de compressão proporcionam conforto e sustentação, diminuem o inchaço e ajudam a manter a posição dos implantes. Daí a importância de usá-las conforme orientação médica.

Técnica submamária – Resumo
Você provavelmente poderá voltar ao trabalho após três a sete dias do procedimento. No entanto, é importante evitar atividades intensas e carregamento de peso por três ou quatro semanas. Caso contrário, o processo de cicatrização será mais demorado e os implantes poderão ser danificados. O resultado definitivo será visível depois que os implantes estiverem adaptados e o inchaço tiver desaparecido por completo. É importante lembrar que a forma das mamas continuará sofrendo mudanças ao longo do tempo. Entretanto, os resultados do implante de prótese mamária normalmente são duradouros, o que significa que as mamas permanecerão firmes por muitos anos.

selo

canal4
fanpage
localizacao

medico-consulta-com-br